Obra

Acervo MON Mobiliário

artistas: Vários
acervo:Museu Oscar Niemeyer
curador: Equipe técnica / MON
local: Sala 6

Museu Oscar Niemeyer mostra mobiliário feito por grandes nomes do design nacional

O Museu Oscar Niemeyer (MON) expõe o “Acervo MON Mobiliário” para mostrar ao público a sua mobília.  A exposição mostra os móveis utilizados no dia a dia e que estão presentes nos escritórios do MON. O visitante vai se deparar com um mobiliário rico e curioso: a Poltrona Fólio, de Emerson Borges, que se tornou célebre no Brasil por ser adotada como a poltrona do Jornal do Brasil em 2000. Há também obras de mestres do design, como Célio T. dos Santos e Heitor Éckeli, e as irmãs Tina e Lui. Imperdível também a obra do suíço Jacob Rutchi, conhecido por ter auxiliado a implantar no Brasil o design moderno. Grandes nomes da arquitetura e do design também estão presentes na exposição, como Lina Bo Bardi (projetou a sede do Museu de Arte de São Paulo - MASP) e o próprio Oscar Niemeyer, que mostra um pouco da sua faceta como designer.

Na mostra, estão as cadeiras escolares do designer Karl Bergmiller e da CIMO,  empresa que surgiu em Santa Catarina como uma serraria para se tornar a maior empresa moveleira da América Latina até 1970. O público poderá ver a Poltrona Beijo, de Maurício Klabin, e os móveis da Marcenaria Baraúna, que são os que compõem os móveis de escritório do MON. A Baraúna surgiu em 1986 da união de diversos arquitetos e designers que já haviam trabalhado por longo tempo sob a égide de Lina Bo Bardi.