24.04.2019

Curador da Ai Weiwei Raiz vem ao MON para montagem da mostra

O idealizador e curador da exposição Ai Weiwei Raiz, Marcello Dantas, veio a Curitiba nesta terça-feira (23) para acompanhar a montagem da mostra. Realizada pelo Museu Oscar Niemeyer (MON), a exposição poderá ser vista pelo público a partir de 3 de maio, no espaço expositivo do Olho.

Marcello Dantas destacou o fato da exposição acontecer dentro de um museu projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, cuja obra é admirada pelo artista. “Isso permite uma possibilidade de diálogo entre grandes gênios que trabalham em grande escala, o que torna a mostra uma luta de gigantes”, disse o curador.

Segundo Dantas, o espaço expositivo do Olho é muito simbólico. “Isso porque todo o trabalho de Ai Weiwei é sobre alterar a forma de olhar, valorizar detalhes, e sobre como o nosso ponto de vista pode mudar o significado das coisas”, explica.

Apresentada pela Copel, a vinda da exposição Ai Weiwei Raiz ao Paraná foi viabilizada pelo Governo do Estado. É a primeira exibição do artista Ai Weiwei no Brasil e a maior de sua carreira.

“Nesse momento em que o Governo do Estado prioriza a inovação, trazer a exposição de um artista tão contemporâneo nos deixa muito felizes, é um privilégio para nós paranaenses”, destaca a diretora-geral da Secretaria de Estado da Cultura, Luciana Casagrande Pereira.

A diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika, explicou que a vinda dessa exposição ao MON foi um trabalho conjunto do Estado, apresentada pela Copel. “Concentramos esforços para que a exposição se tornasse acessível ao público do Sul do Brasil, o que confirma a capital paranaense como um importante polo cultural da região”, disse.

Juliana comentou ainda que Ai Weiwei é um artista único, contemporâneo e que possui uma incrível capacidade de cruzar fronteiras entre culturas. “Ele está sempre atento aos acontecimentos atuais e isso se reflete nessa exposição imperdível”, disse.

RAIZ 

A mostra Ai Weiwei Raiz apresentará no Sul do País a história do brilhante artista considerado como um dos grandes nomes da cena contemporânea mundial.

Em cartaz a partir de 3 de maio no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, a exposição reúne cerca de 40 obras e 15 vídeos do artista, desde icônicos trabalhos até obras inéditas nascidas de uma imersão profunda pelo Brasil e suas tradições.

MARCELLO DANTAS 

Marcello Dantas é um premiado criador interdisciplinar com ampla atividade no Brasil e no Exterior. Trabalha na fronteira entre a arte e a tecnologia, produzindo exposições, museus e múltiplos projetos que buscam proporcionar experiências de imersão por meio dos sentidos e da percepção.

Dantas esteve por trás da concepção de diversos museus, entre os quais o Museu da Língua Portuguesa e Japan House, em São Paulo; o Museu do Homem Americano e o Museu da Natureza, no Piauí; e o Museu do Caribe, na Colômbia. Assinou a curadoria de exposições de artistas estrangeiros de renome, como Ai Weiwei, Anish Kapoor, Jenny Holzer, Michelangelo Pistoletto, Peter Greenaway, Rebecca Horn, Bill Viola e Laurie Anderson.

Foi também diretor artístico do Pavilhão do Brasil na Expo Shanghai 2010, do Pavilhão do Brasil na Rio+20, da Estação Pelé, em Berlim, na Copa do Mundo de 2006, e integra o corpo de curadoria da Bienal de Vancouver desde 2014.

Serviço
Exposição Ai Weiwei Raiz
Período expositivo: 3 de maio a 28 de julho
Espaço: Olho

Museu Oscar Niemeyer (MON)
Rua Marechal Hermes, 999
Curitiba - Paraná
http://museuoscarniemeyer.org.br
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Quartas gratuitas